Abraçando Meu Estilo de Vida Vegano Através da Tecnologia

Ivan Di Simoni, Vegan Chef, Animal Activist & Lenovo Innovator

Sempre que digo a alguém que sou vegano pela primeira vez, recebo reações mistas. Na maioria das vezes, as pessoas olham para mim como se eu fosse uma criatura mítica que foi arrancada diretamente das páginas de um livro de Conto de Fadas dos irmãos Grimm. Eles não entendem totalmente o conceito de viver o estilo de vida vegano, ou por que alguém escolheria seguir as restrições alimentares que vêm junto com ele.

Quase 80 milhões de pessoas no mundo são veganas. No entanto, menos de um por cento da população mundial adere a uma dieta à base de plantas. Este número é menor do que eu gostaria, mas é compreensível dado que a maioria tem dificuldade em remover todos os produtos derivados de animais e animais de sua alimentação. Mas aqueles que optam por uma dieta à base de plantas muitas vezes o fazem por amor e pelo bem-estar animal.

Como um desses 80 milhões, que também faz parte dos menos de um por cento, eu me considero um unicórnio. Unicórnios são símbolos de gentileza e do amor a tudo o que é puro. Assim como os unicórnios, incorporo essas características abraçando meu estilo de vida vegano, apesar da resistência ocasional que recebo.

Desafiando mitos

“Não é impossível manter esse estilo de vida? Você não vai ficar doente e morrer?“ Estes são os tipos de perguntas que me fazem por aqueles que não estão familiarizados com o veganismo. Muitos que encontrei acreditam que os veganos se tornam deficientes em nutrientes e que a consequência disso é a morte. Isso não poderia estar mais longe da verdade. De fato, quando seguida corretamente,uma dieta vegana pode ser altamente nutritiva, reduzir o risco de doenças crônicas e ajudar na perda de peso. Uma maior ingestão de alimentos à base de plantas e uma menor ingestão de alimentos de origem animal podem levar a um risco reduzido  de doenças cardíacas e derrame e podem reduzir o risco de câncer de uma pessoa em  15%.

Como outros ativistas veganos que lutam em nome dos animais, eu sou muitas vezes o homem estranho que traz um pote para o churrasco dos seus amigos. Embora eles me respeitem, eles acham estranho – isto é, até que eles decidam provar o que eu trago. Francamente, a comida perdeu parte de sua importância na minha vida. Não porque eu não gosto de comer, mas porque percebi que há coisas mais importantes, como a vida daqueles que poderiam estar no meu prato.

Por que escolhi o estilo de vida vegano

De vez em quando, as pessoas vão questionar (inclusive eu)  por que escolhi viver o estilo de vida vegano, especialmente porque ele pode se sentir isolador às vezes. Mas minha transformação pessoal em um “unicórnio” vegano me lembra por que vale a pena, pois notei grandes melhorias em todos os aspectos da minha vida – não apenas no que diz respeito à minha saúde pessoal e bem-estar, mas também no impacto que tive no planeta.

Como um ávido cozinheiro, eu também aprendi novos truques na cozinha, que eu me esforço para ensinar para aqueles que podem precisar de alguma ajuda para preparar uma refeição. O estilo de vida me permitiu explorar minha criatividade na cozinha. Sem mencionar que os pratos veganos acabaram por ser algumas das receitas mais deliciosas que já experimentei.

Como a tecnologia me ajuda a defender os direitos dos animais e nosso planeta

Eu amo tudo o que é puro, e os animais são os maiores exemplos de pureza. Eles são como os humanos – eles sentem, sofrem, querem comer, procriar, viver em paz e serem felizes. Eles não causam sofrimento gratuito a outros seres. Para usar uma metáfora animal: mesmo leões sem fome são capazes de acariciar filhotes de hienas. E nosso amado planeta – que inclui todos os habitats que esses animais chamam de lar – há muito tempo vem pedindo ajuda. Questões importantes como água, poluição e aquecimento global poderiam ser resolvidas se mais pessoas expandissem suas mentes e tentassem o veganismo.

Ao longo da minha jornada, descobri que a tecnologia é a ferramenta perfeita para a educação e a conscientização. Eu uso meu tablet e laptop Lenovo para criar conteúdo e compartilhar meus pensamentos como um ativista animal com o mundo na esperança de que eles também possam se juntar à luta por um futuro menos cruel e apocalíptico. Imploro às pessoas que olhem além dos mitos iniciais do veganismo e busquem conhecimento sobre o tema.

Embora possa parecer que você está em minoria às vezes, ser um vegano pode ser extremamente gratificante. Para mim, a parte mais comovente é saber que não contribuo para o sofrimento animal. E esse é um dos amores mais verdadeiros que consigo pensar.

Se você está interessado em aprender mais sobre veganismo e minha jornada #LenovoInnovators,  acompanhe no Instagram  @pecadovegano e no YouTube no canal Vegflix.

[ssba]

Lenovo Delivers Historic Fiscal Year

We just announced record results with revenue topping US$70 billion for the first time and R&D investment up 43% over last year..

Learn more.
Don't Miss StoryHub Updates: